Arautos do Evangelho - Associação Internacional de Direito Pontifício - Node
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Ovos de Páscoa
Elevado a alturas inimagináveis...
Figura ímpar, exaltada pela Igreja junto com a de Maria, nunca será suficiente louvar São José, tal a quantidade de maravilhas e privilégios com que aprouve a Deus cumulá-lo.
O sal do convívio e a luz do bom exemplo
O convite à santidade, feito a todos os cristãos por Nosso Senhor, tem como corolário a obrigação de trabalharmos pela salvação de nossos irmãos, com a palavra e o exemplo de vida.
O Espírito Santo e nossos maravilhamentos?
Inspirados pela graça, os Reis Magos se puseram a caminho para encontrar o Criador do universo numa criança recém-nascida. Importância da sensibilidade ao timbre do Espírito Santo.
O caminho para a felicidade
A Igreja, no 3º Domingo do Advento - chamado Domingo Gaudete -, tem em vista este propósito: fazer uma pausa nas admoestações do período de penitência e amenizar a tristeza causada pela lembrança dos pecados cometidos, para considerar com alegria a perspe
A festa dos irmãos celestes
Na Solenidade de Todos os Santos a Igreja nos convida a ver com esperança nossos irmãos celestes, como estímulo para percorrermos por inteiro o caminho iniciado com o Batismo e atingirmos a plena felicidade na glória da visão beatífica.
Dez curas e um milagre
Dez miraculados! Dir-se-ia que todos manifestariam sua gratidão, embora cada um com suas características próprias. Entretanto, só um deles - um samaritano - obteve o milagre da cura da alma. E os outros nove judeus? Não agradeceram...
Entre o perdão e a perseverança, Deus prefere o quê?
Face às objeções farisaicas, Nosso Senhor traduz em parábolas seu encanto em perdoar os homens, cumulando-os de misericórdia. E, ao mesmo tempo, mostra como nem todos aceitam o convite para se beneficiar das riquezas desse perdão redentor.
A tentação da “limbolatria”
Diante dos prazeres, até legítimos, que a vida nesta Terra pode oferecer, facilmente o homem se esquece da eternidade para a qual foi criado.
O vade-mécum do apóstolo
Válidas para todas as épocas históricas, as normas dadas pelo Divino Mestre aos setenta e dois discípulos delineiam o perfil de um autêntico evangelizador e constituem precioso guia para conduzir os homens à verdadeira felicidade
O impacto das iniciativas do Redentor
Para fazer milagres, Jesus exigia uma prova de fé do favorecido. Mas, às vezes, era Ele que se adiantava a qualquer pedido e distribuía seus divinos benefícios. Esse modo de agir encerra em si um profundo significado.
Conduzidos pelo fogo do Espírito Divino
Na variedade dos povos, a unidade da Igreja, que ao longo dos séculos inspira o heroísmo da virtude, surpreende o cético espectador... Ignora ele qual o fator determinante desta maravilhosa coesão!
No sofrimento, a raiz da glória
Embora constatemos a instintiva repugnância de nossa natureza em relação a todo sofrimento, é nele que se encontra a porta da autêntica felicidade. E no amor ao próximo o sinal característico do cristão.
Até na hora da aparente derrota, o Sumo Bem sempre vence
Aos louvores da entrada triunfal de Nosso Senhor em Jerusalém logo se sucederam as dores da Paixão. Como explicar este paradoxo?plicar este paradoxo?
Como corresponder a um chamado grandioso?
Inegável é a força de expressividade do reino animal para o homem, sobretudo quando oferece à sua análise circunstâncias que lembram situações e pequenos fatos da vida humana
Festa do Batismo do Senhor: No Batismo, Ele lavou nossas misérias
O profundo significado do Batismo de Nosso Senhor nas águas do rio Jordão manifesta a meticulosidade do seu amor por nós.
A arrebatadora excelência da voz de Maria
Ao ouvir a voz da Mãe de Deus, São João Batista foi imediatamente purificado do pecado original. Tal prodígio prenunciava as grandes transformações reservadas aos que, ao longo da História, seriam objeto da maternal intercessão de Maria.
Dar, dar de si, dar-se por inteiro!
Em face das mentirosas aparências derivadas do orgulho, manifestadas na hipocrisia dos doutores da Lei, Nosso Senhor nos exorta a sermos sinceramente generosos como a pobre viúva, dando tudo de nós mesmos por amor 'a Ele.
Há vida sem sofrimento?
É possível viver sem sofrimento? Não seria esta a vida ideal a ser almejada? E para alcançar este objetivo, o melhor não seria fugir sempre da cruz e procurar satisfazer em tudo o nosso egoísmo?
Ai de quem escandalizar!
O Divino Mestre nos mostra como não se pode fazer a mínima concessão ao mal, pois para conquistar o Céu é preciso ser íntegro na prática do bem.
O pedagogo incomparável
Com insuperável didática, utilizando a figura material da multiplicação dos pães, o Divino Mestre prepara o povo para a aceitação do verdadeiro Pão da Vida,anunciado através dos séculos
Página 1 de 7 54321
  ORAÇÕES